“Contrato Social” de Baruch Spinoza – Quem Foi?! XV

20 - 02 - 2018 / Gizcast

Fala pessoal do GizCast!

Quem Foi?! dá continuidade à série do Contrato Social, e Gabriel Bonz (@_gabrielbonz) vai falar sobre um grande pensador holandês, que pensous obre a epistemologia e também sobre a política, Baruch Spinoza (1632-1677). Um dos principais filósofos do século XVII, responsável por potencializar a “Crise de Consciência” do período e grande filósofo da ética, fundamentou seu Contrato Social em contraposição a Thomas Hobbes.

Lembrando que qualquer dúvida, sugestão, indicação de convidado, é, não só bem vinda, como necessária. Para entrar em contato nos procure no Facebook, no Twitter ou no e-mail.

Agradecemos a Yann Cerri (@yanncerri) pela arte da capa e à Sapiens Solutions pelo suporte ao podcast.

Produção: Gabriel Bonz.
Participação: Gabriel Bonz.
Edição: Gabriel Bonz.
Arte da Capa: Yann Cerri.


Leitura do Início do Programa:

“O estatuto de um Estado, qualquer que seja, é denominado civil; o corpo inteiro do Estado denomina-se cidade e os negócios comuns do Estado, submetidos à direção daquele que tem o poder, coisa pública (ou república). Nós chamamos de cidadãos os homens que gozam de todas as comodidades da cidade em virtude do direito civil. Nós os denominamos súditos, na medida em que eles são obrigados a obedecer às regras instituídas pela cidade, isto é, suas leis […], e o que é preciso considerar aqui primeiro é o direito supremo da cidade, isto é o do poder soberano. […]

Vemos, portanto, que cada cidadão pertence não a si mesmo, mas à cidade, cujos mandados é obrigado a obedecer e que ninguém tem o direito de decidir o que é justo, o que é iníquo, o que é virtuoso ou imoral, mas, ao contrário, visto que o corpo do Estado deve ser conduzido de alguma maneira por um só pensamento e que, em consequência disso, a vontade da cidade deve ser considerada a vontade de todos, é aquilo que a cidade ser justo e bom que cada um deve também decretar como tal. Se, portanto, o súdito julga iníquos os decretos da cidade, ainda assim ele é, não obstante, obrigado a submeter-se-lhes.”

(SPINOZA, Baruch. “Tratado Político”, in: GUINSBURG, J.; CUNHA, N.; ROMANO, R. Spinoza. Obra Completa. São Paulo: Perspectiva, 2014, vol. 1, pp 385, 387).


#GizCastAcessível: A capa tem foto de uma escultura de Baruch Spinoza, um homem sério e de cabelos compridos que, na pose da escultura, está sentado e olha para frente. Está escrito em fonte Times New Roman maior “QUEM XV FOI?!” e, embaixo, “Contrato Social” de Baruch Spinoza. Ao redor da capa há uma simulação de moldura dourada.


Fale Conosco:

© Giz Cast| 2015 - 2018 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. - DESENVOLVIMENTO E HOSPEDAGEM por SAPIENS SOLUTIONS