“Longa Duração” para Fernand Braudel – Quem Foi?! IV

05 - 12 - 2017 / Gabriel Cardoso Bom

Fala pessoal do GizCast!

Em mais um programa do Quem Foi?!, Gabriel Bonz (@_gabrielbonz) fala sobre o principal conceito do principal historiador do século XX, chamado Fernand Braudel (1902-1985). Líder do movimento da II Geração da famosa Escola dos Annales, Fernand Braudel revolucionou e transformou completamente a historiografia com seu conceito de “longa duração”.

Lembrando que qualquer dúvida, sugestão, indicação de convidado, é, não só bem vinda, como necessária. Para entrar em contato nos procure no Facebook, no Twitter ou no e-mail.

Agradecemos a Yann Cerri (@yanncerri) pela arte da capa e à Sapiens Solutions pelo suporte ao podcast.


Referência do início do programa:

“Todo trabalho histórico decompõe o tempo passado, escolhe entre suas realidades cronológicas, de acordo com preferências exclusivas mais ou menos conscientes. […] Para além da história econômica e social, situa-se uma história de fôlego ainda mais lento, desta vez de amplitude secular: a história de longa, de muito longa duração. […]

Entre os tempos diferentes da história, a longa duração apresenta-se, assim, como uma personagem embaraçosa, complicada, muitas vezes inédita. Admiti-la no coração de nosso trabalho não será um simples jogo, o habitual alargamento de estudos e curiosidades. Não se tratará mais de uma escolha da qual ele será o único beneficiário. Para o historiador, admiti-lo é prestar-se a uma mudança de estilo, de atitude, a uma mudança de pensamento, a uma nova concepção do social. É familiarizar-se com um tempo mais lento, por vêzes quase no limite do instável. Neste andar, não em outro qualquer, é lícito desprender-se do tempo exigente da história, dele sair, depois voltar, mas com outros olhos, cheios de outras inquietações, outras perguntas. Em todo caso, é com relação a estas grandes extensões de história lenta que a totalidade da história pode ser repensada, como a partir de uma infra-estrutura. Todos os andares, todos os milhares de andares, todos os milhares de fragmentos do tempo da história são compreendidos a partir desta profundidade, desta semi-imobilidade; tudo gira em torno dela.”

(BRAUDEL, Fernand. “História e Ciências Sociais”, Revista de História, vol. XXX, ano XVI, nº 62. São Paulo: abril-junho de 1965, pp. 261-262, 272).


#GizCastAcessível: A capa tem uma foto em preto e branco do historiador Fernand Braudel, um senhor de cabelos bem brancos e o rosto sério, que usa um óculos de armação grossa e preta, que está refletindo um pouco as coias e mal deixa ver seus olhos. Está escrito em fonte Times New Roman maior “QUEM IV FOI?!” e, embaixo, “Longa Duração” para Fernand Braudel. Ao redor da capa há uma simulação de moldura dourada.


Apoie o projeto: 

Curta no Facebook!
Siga no Twitter!
Siga-nos no Instagram!

© Giz Cast| 2015 - 2017 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. - DESENVOLVIMENTO E HOSPEDAGEM por SAPIENS SOLUTIONS